Viscosimetro copo FORD para determinação de viscosidade, completo com software, cronometro e acessórios
GENERALMED
Product ID: 2203
Product SKU: 2203
New In stock />
Viscosímetro copo FORD
Destaque

Viscosímetro copo FORD

Marca: GENERALMEDDisponibilidade: Disponível em 3 dias úteis Referência: 1271

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Viscosimetro copo FORD para determinação de viscosidade, completo com software, cronometro e acessórios

VISCOSÍMETRO TIPO "CUP-FORD", EM ALUMÍNIO, COM PÉS NIVELADORES CONFORME NORMAS ASTM D-120 E ABNT MB-991
ESTE KIT É COMPOSTO DOS SEGUINTES PRODUTOS:
1 VISCOSÍMETRO COPO FORD
1 NÍVEL BOLHA
1 LÂMINA DE VIDRO
1 JOGO COM 5 ORIFÍCIOS N.º 2, 3, 4, 6 E 8
1 SOFTWARE PARA CÁLCULO AUTOMÁTICO DA VISCOSIDADE
1 CRONÔMETRO PARA MEDIÇÃO DO TEMPO DE ESCOAMENTO 
 

 
 

Especificações
 

FAIXA DE VISCOSIDADE PARA OS ORIFICIOS 2, 3 E 4:

25 A 370 CETISTOKES

 

Instrucoes de uso:

DETERMINAÇÃO DE VISCOSIDADE PELO CUP FORD
O Viscosímetro Cup Ford atende aos padrões das Normas ASTM D1200 e ABNT NBR5849, sua fácil utilização destina-se a determinação da viscosidade cinemática, a 25ºC, de tintas, vernizes, resinas e outros líquidos com propriedades newtonianas, de escoamento entre 20s a 100s, utilizando-se um de seus orifícios.
EXECUÇÃO DO ENSAIO
1. Selecionar o orifício adequado.
2. A amostra deve ser perfeitamente homogeneizada. No momento do ensaio, o viscosímetro e o material a ser ensaiado devem estar a (25 +/- 0,1)º C.
3. Nivelar o aparelho, de preferência com nível bolha de centro.
4. Fechar o orifício com o dedo e preencher o copo com a amostra até o nível mais elevado. A presença de bolhas de ar interfere no resultado.
5. Remover o excesso com uma placa de vidro plana.
6. Retirar o dedo do orifício, acionando simultaneamente o cronômetro.
7. À primeira interrupção do fluxo de escoamento anotar o tempo transcorrido em segundos.
8. Limpar o viscosímetro após cada determinação, dando atenção especial ao orifício de escoamento, utilizando solvente apropriado. Não utilizar materiais abrasivos na limpeza.
9. Realizar o ensaio, no mínimo, em duplicata.
RESULTADOS
1. Caso os resultados obtidos não variem de +/- 3%, a viscosidade será a média desses valores, expressa em s ou mm²/s¹.
2. A conversão de segundos para mm²/s é dada pelas expressões:
Orifício nº 2 = 1,44 (t - 18,0)
Orifício nº 5 = 12,1 (t - 2,00)
Orifício nº 3 = 2,31 (t - 6,58)
Orifício nº 6 = 14,92t - 15,56
Orifício nº 4 = 3,85 (t - 4,49)
Orifício nº 8 = 31,40t - 40,14
Onde: t = tempo expresso em segundos
¹ 1mm²/s = CST.
AFERIÇÃO DO VISCOSÍMETRO
O copo deve ser aferido, utilizando-se, no mínimo, três óleos minerais padronizados de viscosidade cinemática, a 25ºC, de tal modo que seja abrangida a faixa de operação do copo em questão. A aferição deverá ser executada periodicamente.
Construir a curva de aferição do aparelho com base nos valores obtidos dos três óleos padronizados, determinando os desvios com relação a um gráfico padrão constante na literatura especificada.
1. Desvios de até 3% - o viscosímetro será utilizado sem correção.
2. Desvios de 3% a 10% - deverão ser corrigidos através da curva de aferição.
3. Desvios acima de 10% - recomenda-se a troca de orifício e a reaferição do Cup Ford.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira também